5 G estará em 6% das conexões móveis no Brasil em 3 anos.

A conexão 5G ainda está em fase inicial de implantação no Brasil. No entanto, um relatório da Cisco Annual Internet Report que analisa a expansão da internet ultrarrápida pelo mundo aponta que já em 2023 no Brasil 6% das conexões móveis devem utilizar o 5G no país.

Além disso, conforme o texto do relatório da Cisco, o Brasil viverá uma expansão do 4G no médio prazo, passando dos 53,8% (em 2018) para 58,4% em 2023. Mesmo que baixo, o percentual de avanço é visto como positivo, pois mais pessoas que hoje tem acesso a tecnologia 2G ou 3G passarão a ter acesso a uma conexão muito mais rápida.

Ainda, conforme o relatório da Cisco, em 2023 deverá ser registrada uma redução da cobertura 3G, passando a ser de 29,6%, ante 46,1% registrados em 2018. Sobre avanços, outra área que deverá registrar crescimento é o de conexões hotsposts de Wi-fi público e privado, as quais deverão crescer cinco vezes até 2023, passando para 23,8 milhões e 23,5 milhões de conexões, respectivamente.

Em relação a velocidade das conexões, o Brasil deverá apresentar crescimentos também neste sentido. A conexão móvel tende a avançar 4,6 vezes, passando dos 8,9 Mbps de 2018 para 41,1 Mbps em 2023. Já as conexões fixas devem avançar de 16,9 Mbps para 69,4 Mbps nos próximos três anos.

A Cisco ainda apresentou previsões de crescimento a nível mundial. Conforme o relatório, mais de 70% da população do mundo (5,7 bilhões de pessoas) deverá ter acesso a alguma tecnologia móvel até 2023 e 66% da população da Terra usará a internet.

Quanto as conexões mundiais, a Cisco estima que 45% das pessoas no planeta terão acesso a conexões móveis em 2023, enquanto 55% estarão conectadas por cabo ou Wi-fi. Já o 5G deverá ser utilizado por 10,6% de todas as conexões móveis do mundo dentro de três anos.

publicado
Categorizado como Sem categoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *