A vez do Cerrado.

O Ministério do Meio Ambiente tem a informação de que ONGs internacionais, com o apoio de governos centrais, preparam uma campanha para alardear os números do desmatamento do Cerrado brasileiro.

Ainda que a área devastada tenha caído um tiquinho em 2019 – recuo de 2% em relação ao ano anterior –, um número deverá ser bastante explorado: mais de 80% da região são propriedades privadas, a maioria de produtores de soja.

É um dos principais argumentos de ONGs e redes varejistas para pressionar grandes tradings internacionais a assinar a moratória do Cerrado, comprometendo-se a não comprar grãos de áreas desmatadas 

publicado
Categorizado como Sem categoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *