Home Sem categoria Mafrig investe no transporte multimodal.

Mafrig investe no transporte multimodal.

0

A Marfrig Global Foods, uma das companhias líderes globais em carne bovina, por meio de sua Operação América do Sul, está investindo no transporte por ferrovia, em parceria com a Brado, referência em inteligência na logística de contêineres. A iniciativa permitiu à companhia contribuir com a diminuição da exposição ao risco de acidentes nas rodovias brasileiras, diminuição de R$ 2,3 milhões nos custos e a redução de 62% na emissão de CO2, isso corresponde a menos 1.000 caminhões rodando nas estradas até o final de 2019.

Na prática, isso significa que, nesta primeira etapa, os produtos destinados à exportação com origem nas unidades de Tangará da Serra, Várzea Grande, Pontes e Lacerda, no estado do Mato Grosso, Mineiros, em Goiás, e Ji Paraná e Chupinguaia, em Rondônia, são transportados para o porto por meio da ferrovia. “Nosso objetivo é ainda este ano ampliar este meio de transporte para atender as unidades de Bataguassu, em Mato Grosso do Sul, e Promissão, no estado de São Paulo”, diz Luciano Alves, diretor de logística da companhia. A iniciativa vai ao encontro aos pilares de negócios da Marfrig, que estão baseados no respeito ao meio ambiente e ao bem-estar animal.

Especialista em logística multimodal, a Brado consegue entregar um transporte sustentável para as necessidades de uma companhia como a Marfrig. Na multimodalidade, o caminhão faz as First and Last Miles, transportes de distâncias curtas (geralmente até 200 quilômetros) entre a unidade do cliente e o terminal ferroviário. Um trem formado por 100 vagões é capaz de transportar o mesmo que 357 caminhões bitrem. Com um galão de combustível, o trem roda 374 km enquanto um caminhão percorre apenas 109 km. Além disso, a vida útil de um trem é de aproximadamente 30 anos. A de um caminhão, 10 anos. Todos esses dados estão presentes no Relatório de Sustentabilidade da Rumo de 2017, tendo como base estudos do Instituto Ethos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here