Home Sem categoria O crescimento da venda online de produtos agrícolas no Brasil

O crescimento da venda online de produtos agrícolas no Brasil

0

O comércio eletrônico já está há alguns anos consolidado no Brasil. Porém, o processo de adoção da internet para realizar as compras para o campo foi um pouco mais demorado, muito por conta da qualidade do sinal das redes em propriedades mais afastadas e problemas de logísticas com as empresas vendedoras.

Hoje em dia, esses problemas já diminuíram, o que abriu caminhos para que a venda online de produtos agrícolas crescesse no país. A compra pela internet permite uma maior variedade de produtos, o que faz com que o homem do campo tenha insumos de maior qualidade e com preços mais baixos.

Além disso, outro fator crucial para esse crescimento é a eliminação dos gastos de tempo e dinheiro com viagens para realizar compras. Vendo todas essas oportunidades, surgiram diversas empresas que aliam tecnologia e praticidade para os produtores rurais. Assim, 2019 foi um ano chave para a consolidação do e-commerce no campo, com o surgimento de startups agrícolas e grandes empresas do ramo criando ambientes virtuais facilitados de compra de insumos.

Um dos maiores exemplos é a plataforma lançada pela Bayer. Nela, o agricultor pode comprar produtos de diversas marcas, inclusive concorrentes da empresa. Ao usar a plataforma, o produtor acumula pontos de fidelidade, que podem ser trocados por prêmios e serviços, como forma de estimular a modernização das compras. Além disso, produtores que possuem grãos certificados também poderão usar a interface para realizar suas próprias vendas.

Outro aplicativo que tem ajudado muitos produtores rurais é o BolsaAgro, criado pela Bolsa Brasileira de Mercadorias, associação civil sem fins lucrativos. O app conecta produtores, corretores e compradores, facilitando a venda da produção, com segurança garantida por registro do negócio na associação. As corretoras de mercadorias do aplicativo são especializadas em comercialização de produtos agrícolas e submetidas a um código de ética.

A compra de maquinário pela internet também cresce no mundo. Um levantamento realizado na Argentina mostrou que entre 2017 e 2018 a oferta de máquinas agrícolas no ambiente virtual cresceu 33%, enquanto a demanda subiu 7%, apontando novas possibilidades para o produtor.

Segundo Rubens Alves, desenvolvedor de sistemas e editor de informática do GUIA55, o crescimento do mercado online no setor agrícola pode ser um grande passo para a consolidação do digital na produção rural, o que pode facilitar a implantação da Agricultura 4.0, uma nova fase no segmento, permeada pela internet e pela tecnologia. Isso geraria uma integração rápida de dados, permitindo melhoras na produção e também nas políticas públicas voltadas à agricultura.

É vantajoso para todos a adoção das tecnologias no campo. Por esse motivo, a Strider está promovendo encontros e palestras online sobre agricultura digital durante a quarentena, sendo uma ótima oportunidade para o produtor rural se atualizar nas tendências do segmento.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here