Home Sem categoria Pecuaristas do Mato Grosso enfrentam dificuldades em encontrar animais no mercado de reposição, aponta IMEA

Pecuaristas do Mato Grosso enfrentam dificuldades em encontrar animais no mercado de reposição, aponta IMEA

0

De acordo com o levantamento realizado pelo o Instituo Mato-Grossense de Economia Aplicada (IMEA), os pecuaristas em boa parte do estado estão relatando dificuldade em encontrar animais no mercado de reposição. Na semana passada, os preços estavam ao redor de R$ 1.625,10/cab do bezerro.

Apesar da oferta de animais ainda ser restrita no estado, as programações de abates apresentaram uma leve queda de 0,35 dias se comparado com a semana passada que encerrou com uma média de 6,94 dias. “O equivalente físico (EF) também apresentou alta de 1,01% ante a semana passada, uma vez que o mercado segue com leve queda nas ofertas de animais e com a demanda satisfatória”, Informou o IMEA.

O transporte de animais acabou sendo comprometido no estado devido ao período chuvoso, diante disso os preços para o boi gordo e a vaca gordo tiveram uma aumento no comparativo semanal. Na semana passada, os preços do boi gordo e da vaca gorda foram cotados a R$ 182,17/@ e R$ 171,57/@, respectivamente. Aumento de 0,95% para o macho e de 1,17% para a fêmea.

Com o período chuvoso, a logística afetou a oferta de animais em parte do estado. Com isso, na semana passada, os preços do boi gordo e da vaca gorda foram cotados a R$ 182,17/@ e R$ 171,57/@, respectivamente. Aumento de 0,95% para o macho e de 1,17% para a fêmea no comparativo semanal.

Preços

Por conta do feriado de carnaval, o instituto não registrou os valores das principais regiões do estado, mas os preços registraram altas na variação semanal na maioria das praças, com base no levantamento realizado em 27 a 28 de fevereiro. A região Noroeste foi a que registrou a maior valorização, com 71,62% na semana.

A média das referências no estado do Mato Grosso registrou um incremento de 0,28% ao longo da semana, na qual a arroba terminou a última sexta-feira (28) cotada ao redor de R$ 182,29 à vista e livre e impostos.

Indústrias

O instituto apontou em seu boletim semanal que houve uma maior operação das indústrias no mês de Janeiro deste ano, na qual este cenário foi influenciado por três fatores. “O primeiro deles foi à redução da capacidade total, pois cinco frigoríficos ficaram fora de operação. O segundo motivo foi o aumento da utilização dos que permaneceram em operação e o terceiro motivo foi o aumento de animais abatidos dentro do estado, que, segundo dados do Indea, avançou 14,86% no comparativo mensal, totalizando 460,47 mil cabeças”, disse o IMEA.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here