Preços da soja estão excelentes em todo o interior.

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a sexta-feira (20.12) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação subindo apenas 0,03% para a média de R$ 87,25/saca (contra R$ 87,22/saca do dia útil anterior). 

“A alta de 0,79% do dólar no Brasil, somada à alta de 0,45% da soja em Chicago foram limitadas pela continuação da ausência da China, fazendo com que os preços oferecidos pelos compradores sobre rodas nos portos do sul do Brasil ou seus equivalentes em outros estados subissem”, apontam os analistas da T&F Consultoria Agroeconômica.

No interior, o preço médio subiu mais, cerca de 0,42%, para R$ 82,95/saca (contra R$82,60/saca do dia anterior). Com isto, o acumulado do mês reduziu o negativo para 3,12% nos portos e para 2,27% no interior, segundo pesquisa do Cepea.

O mercado físico do Rio Grande do Sul, os preços terminaram a semana inalterados em R$ 86,50 em Passo Fundo e R$ 86,00 em Ijuí, enquanto o preço do porto continuou a R$ 89,50/saca para dezembro. A pouca soja disponível está sendo muito cobiçada pelas indústrias, que pagam preços 3,59% acima do que os exportadores oferecem.

No Paraná os preços retornaram aos níveis de dois dias atrás, a R$ 80,00 no balcão, para o produtor, em Ponta Grossa, com o mercado de lotes subindo um real/saca para R$ 85,00 para soja disponível para janeiro e mantendo R$ 86,00 no porto também para janeiro. O mercado futuro recuou um real/saca para R$ 83,00 em Ponta Grossa para abril/maio.

Ainda de acordo com a T&F, os prêmios na América do Sul permaneceram inalterados nesta sexta-feira. Sem notícias de novas compras chinesas, nem nos Estados Unidos, nem na América do Sul, os preços fecharam a semana iguais. Apenas um lote trocou de mãos no mercado intermediário.

Assim, os prêmios FOB portos brasileiros ficaram em +70H para fevereiro, +56H para março, +40K para abril, +50K para maio e +50K para junho. No mercado de Paper de Paranaguá foram negociados lotes para março a + 46H.

publicado
Categorizado como Sem categoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *