Programação da Fazenda Inteligente visa a aplicação de tecnologias digitais para impulsionar a competitividade no agro.

Entre os nomes confirmados no evento estão o presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados, o secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia e o presidente da Frente Parlamentar de Agricultura da Câmara dos Deputados; diretoria do Grupo Atto também realizará apresentações voltada à era da informação

A atual revolução pela qual passa o agronegócio exige preparo à agricultores e empresas ligadas ao segmento para continuarem produzindo, com sustentabilidade e constante redução de custos. Diante desse cenário, a transformação tecnológica nas propriedades se mostra primordial. E essa será a principal pauta da programação do Fazenda Inteligente, evento que será realizado em abril para impulsionar a produtividade e a melhoria da competitividade do agronegócio pelo digital.

O Fazenda Inteligente será realizado pelo Grupo Atto, que é proprietário da Atto Adriana Sementes, líder em sementes de soja e milheto no Brasil, e da PlantUP Intelligence, plataforma de informações agrícolas. O Grupo Atto irá compartilhar suas experiências e levar profissionais e autoridades para o debate.

No dia 17, a programação será iniciada às 7h com visita aos estandes e startups. Em seguida, às 8h30, o público poderá participar da palestra “Os impactos da era digital na agricultura”, ministrada pelo presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Caio Mario Paes de Andrade. O Serpro é a maior empresa de tecnologia de informação do Brasil. Às 9h30, o presidente do Grupo Atto, Odílio Balbinotti Filho, apresentará o tema “Agricultura digital: caminho sem volta”. “A agricultura digital é disruptiva. Ela é a nova revolução, por isso, se o produtor rural não fizer parte desse novo momento, em três ou quatro anos estará fora do mercado”, afirma Balbinotti Filho.

O secretário de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Marcos de Troyjo, e o deputado federal e presidente da Frente Parlamentar para a Agricultura, Alceu Moreira, estarão às 11h no painel sobre agricultura digital com outras autoridades políticas e do agronegócio. O painel será mediado pelo jornalista João Olivi.

Para tratar sobre o tema “O compartilhamento de dados revolucionando a agricultura”, às 14h30, estarão presentes o diretor do Grupo SLC Agrícola, Aurélio Pavinato, o diretor da PA Consultoria Agronômica, Paulo Assunção, e o diretor do Grupo Atto, Marcelo Laurente.

Com o intuito de compartilhar a experiência e os resultados adquiridos pelo Grupo Atto na era digital, a diretora administrativa e de Recursos Humanos, Tânia Balbinotti, apresentará (16h30) o tema “Implantando a cultura do digital na propriedade: Case Atto”. Antes (15h30), para tratar sobre “Tecnologias digitais na prática: da implantação a tomada de decisão”, estarão presentes o diretor agrícola da Atto Sementes, Fernando Resende, e o gerente de Tecnologia do Grupo Atto, Cleiton Bruschi.

A expectativa é que o evento receba somente no dia 17 aproximadamente duas mil pessoas, com um grupo formado principalmente por agricultores tomadores de decisão, que são o público-alvo, mas também por profissionais ligados ao agronegócio, como fornecedores, consultores, técnicos e representantes de startups e de instituições financeiras. Haverá 30 expositores e 12 startups apresentando soluções inteligentes para o agro.

As inscrições são gratuitas, pelo site, e as vagas limitadas.

publicado
Categorizado como Sem categoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *